Notícias Científicas

Congresso da American Association of Endodontists 2018

Por CDT Software

Durante o Congresso da American Association of Endodontists 2018, em Denver, os doutores Amjad Ansari e Shoaib Siddiqui (residentes do departamento de endodôntia da Universidade de Louisville), sob a orientação Prof. Dr. Bruno Azevedo, apresentaram suas pesquisas sobre o uso de filtros inovadores para o melhoramento de imagens de tomografia TCFC com o software e-Vol DX, para melhor visualizar a morfologia do canal.

Os dez primeiros finalistas receberam um prêmio $ 1.000,00,  cortesia da Dentsply Sirona, e este trabalho representando a Universidade de Louisville, terminou em terceiro lugar entre centenas de trabalhos vindos de várias universidades dos Estados Unidos e do mundo.

A  pesquisa “Presença do Canal Mesial Médio com Orifício Independente e Forame Apical em Molares Mandibulares Utilizando Imagem de TCFC”, teve a intenção de demonstrar a complexidade do sistema de canais radiculares associado à raiz mesial dos molares inferiores, usando a tomografia computadorizada de feixe cônico de alta resolução.

Como a navegação de volumes pequenos adquiridos em diferentes tomógrafos podem ser desafiadores -  devido à artefatos de ruído, endurecimento de feixe (Beam Hardening) e contraste - precisávamos de um software que pudesse melhorar nossas imagens e que fosse fácil de usar.

O software e-Vol  DX foi a melhor escolha. “Esse programa foi fundamental para nos permitir visualizar estruturas anatômicas muito delicadas e mapear melhor a morfologia complexa do sistema de canais dos molares madibulares”, disse o Prof. Dr. Bruno Azevedo, Diplamate American Diplomate Board of Oral and Radiology Maxilofacial e Diretor de Radiologia e Imaging Sciences da Faculdade de Odontologia da Universidade Louisville (EUA).

“Ficou claro que poderíamos melhorar nossas imagens usando filtros de renderização 3D e de remoção de ruído presentes no inovador software e-Vol DX”, disse o Dr. Amjad Ansari. Estruturas anatômicas que não eram visíveis no software de TCFC nativo, foram facilmente percebidas quando reconstruídas com o e-Vol DX.

É importante lembrar que mesmo os exames de alta resolução têm limitações durante a navegação do volume, especialmente se você precisar visualizar estruturas anatômicas dentárias complexas. A morfologia complexa do canal radicular é uma das causas de falha do tratamento endodôntico e a visualização do sistema de canais radiculares pode levar a melhores resultados clínicos.

Estudos anteriores descobriram a ocorrência entre 0,26-46% de um canal mesial médio (MMC). E também foi relatado que um istmo está presente em 55% das raízes mesiais dos dentes molares inferiores e canais confluentes; unindo um dos canais mesiais em até 78,5% dos casos. Faltam pesquisas sobre a prevalência de um MMC independente com uma configuração Vertucci tipo VIII. Nossa pesquisa encontrou uma presença de 0,28% do verdadeiro canal médio mesial entre mais de 1.200 exames.

 

Dr. Amjad Ansari, um dos autores do artigo, e o Prof. Dr. Bruno Azevedo, que orientou a pesquisa

images/logos/LogoCDTH.png

Primeira linha em Software para Radiologia Odontológica

Produtos

  • ServerOdonto
  • e-Vol DX
  • Diag X

Contatos

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.